PMs celebram o Dia do Soldado em culto de ação de graças no 8º Batalhão em Nova Cruz

Nesta quinta-feira (25), no 8º Batalhão da Polícia Militar, em Nova Cruz-RN,  foi celebrado um culto especial em comemoração ao Dia do Soldado. A celebração foi promovida pela UMCERN (União dos Militares Evangélicos da Região Agreste do RN) com apoio da ASSPRA.
Policiais Militares, familiares, lideranças religiosas e os cristãos da cidade participaram da festividade.  A cerimônia promoveu uma reflexão sobre o papel do cristão como “bom soldado de Cristo”, e foi pautada por palavras de fé, vida e esperança à família, tendo como foco a valorização da figura humana do policial. O culto também contou com a participação especial do grupo de louvor "ESTER"  tendo como participantes mulheres cristãs, de famílias militares, da região agreste. Após o culto, houve também um café da manhã para todos os presentes.

O culto em ações de graças deu inicio as festividades alusivas ao Dia do Soldado, promovido pela ASSPRA, nos dias 25, 27 e 28 deste mês.

Confira abaixo as imagens do evento:

















Fonte: Assessoria de Comunicação ASSPRA PMRN

I CORRIDA RÚSTICA DA ASSPRA: 28 DE AGOSTO

PRÓXIMO DOMINGO (28 DE AGOSTO)


I CORRIDA RÚSTICA DA ASSPRA


Dia: 28 de agosto (domingo)
Saída: 08h00
Local: Ginásio Municipal de Nova Cruz/RN


A Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste do RN – ASSPRA/RN estará realizando no próximo dia 28 de agosto a I CORRIDA RÚSTICA DA ASSPRA.

O evento faz parte das festividades alusivas ao Dia do Soldado que estão sendo organizados e desenvolvidos pela ASSPRA.

“A corrida é um dos esportes mais democráticos. Pois qualquer um, após liberação médica, pode se dedicar a prática deste esporte. Com este evento a ASSPRA que produzir um efeito de visibilidade para si como instituição inclusa na sociedade novacruzense, bem como para a conscientização de que a prática de esportes é veículo para uma boa saúde” disse Lira, presidente da entidade.



Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSPRA

III TORNEIO DA ASSPRA: TABELA DE JOGOS


III TORNEIO DE FUTEBOL DA ASSPRA

Dia: 27/agosto
Local: Arena Society (Saída pra Jacaraú/PB)
Início: 07h40 (chegar antes)


TABELA DE JOGOS

1ª FASE
CONFRONTOS INICIAIS

Jogo 1
Sede 8°BPM  x  BF/PV/MON
07:40 até 08:00

Jogo 2
2ªCIA  x  RP do 8°BPM
08:05 até 08:25

Jogo 3
PELSAN  x  SANTA CRUZ
08:30 até 08:50

Jogo 4
LS/BS/LP  x  PEL JACARAU
08:55 até 09:15

Jogo 5
BOMBEIROS  x  BPCHOQUE/CTO
09:20 até 09:40

Observação:
Dos 05 vencedores, 01 será sorteado avançando já para a 3a fase.


2ª FASE

Jogo 6
Vencedor 1  x  Vencedor 2 
09:50 até 10:10

Jogo 7
Vencedor 3 x Vencedor 4
10:15 até 10:35

Observação:
Dos 02 vencedores da 2a fase, um será sorteado indo direto à grande final. O outro jogará a semi-final com o time sorteado ao fim da 1a fase.


3ª FASE
SEMI-FINAL

Jogo 8: (Semi-final)
Sorteado 1a fase  x  Vencedor jogo 6 ou 7 (perdedor no sorteio na 2a fase)
10:45 até 11:05

Observação:
O derrotado na semi-final será o 3¤ lugar no Torneio.


4ª FASE
FINAL

Jogo 9: (final)
Sorteado ao fim da 2a fase  x  Vencedor semi-final
11:10 até 11:30


PREMIAÇÃO

CAMPEÃO
VICE-CAMPEÃO
3¤ LUGAR

1 Troféu + 15 medalhas


ATENÇÃO!

O Torneio é no Society, na saída para Jacaraú/PB. Após o Torneio, será servido um almoço (feijoada) na AABB.



Bons eventos à todos!

SEDE DA ASSPRA: ORÇAMENTOS INICIADOS


Na manhã de último domingo, 21 de agosto, o presidente da ASSPRA Cabo Lira esteve na Associação para realizar o primeiro orçamento da construção do muro da Sede, sendo acompanhado para tanto, do Sr. Lulu, pedreiro bastante conhecido em Nova Cruz/RN.




“Diversas são as demandas da categoria como LOB, Estatuto, Código de Ética, promoções e seus respectivos pagamentos, dentre outros. Entretanto, não podemos deixar de olhar para nós mesmos como Associação e buscar criar um espaço de convívio social e harmônico para nossos associados. Afinal, dispor de um lugar para que nós e nossos familiares convivam e se confraternizem rotineiramente reforça os laços de amizade e companheirismo, o que incisivamente nos fortalecerá como Associação” disse o Dirigente.




O profissional técnico em edificações, Soldado Isac, está desenvolvendo o Projeto da Sede, o qual, segundo o Presidente, estará sendo divulgado esta semana durante os eventos alusivos ao Dia do Soldado.

Lira relatou que suas orientações foram no sentido de um aproveitamento dinâmico do espaço, da parte já edificada e da busca por uma construção de baixo custo, além da inclusão de áreas destinadas ao lazer, práticas de esportes e geração de renda para a ASSPRA.

“Nossa profissão é árdua e muitas vezes nos priva de frequentarmos lugares de lazer com a família. Com a construção de nossa Sede, o policial desfrutará de um lugar sadio e seguro para se divertir e praticar esportes, ver seus filhos brincarem, que suas esposas convivam com a de outros colegas, enfim, para que possamos viver o lado bom da vida sem abrir mão da segurança e de nossas famílias. Como muitos, tenho uma criança e gostaria que ele conhecesse e pudesse brincar com os filhos de meus amigos. Diversos companheiros já relataram essa mesma vontade, então, por que não trabalharmos para isso?” explicou Lira.


Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSPRA


PEC 44/2015: RELATOR MENCIONA A ASSPRA/RN


A Associação dos Praças da Polícia Militar do Agreste do RN – ASSPRA/RN foi citada pelo Relator da PEC 44/2015, Dep. Subtenente Gonzaga.
A referida PEC, de autoria do Dep. Cabo Sabino e outros, acrescenta um parágrafo 3° ao caput do art. 42 da Constituição Federal, definindo a carga horária de trabalho diária e semanal dos policiais e bombeiros militares do Brasil.
Em seu voto, o Relator, Dep. Subtenente Gonzaga fez menção expressa à ASSPRA, realçando desta forma o importante papel que esta exerceu para desenvolver o debate em torno da necessidade da definição da carga horária de trabalho para os policiais e bombeiros militares de todo o Brasil.


RELEMBRE O CASO

Em 2011, a ASSPRA submeteu a apreciação do TJRN o Mandado de Injunção n° 2011.003184-1, por meio de seus advogados, o Dr. Janiselho Neves e Dra. Rayonara Souza, no qual se argumentava existir uma suposta omissão constitucional, no tocante à limitação da jornada de trabalho dos policiais militares. Segundo a associação, a falta de cumprimento atingiria os arts. 42 e 142 da Constituição Federal, e afirmava que os militares estavam sendo submetidos à carga horária excessiva que chegava a atingir 240 horas semanais.
A ASSPRA defendia que, na ausência de legislação específica, fosse aplicada aos militares a Lei Complementar Estadual n° 122/94, que institui o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do RN e que define como limite para a jornada de trabalho dos servidores estaduais o quantitativo de 40 horas semanais.
A decisão do TJRN por meio do desembargador Claudio Santos foi desfavorável ao pedido da Associação, levando esta a mover o Recurso Extraordinário n° 725.180 junto ao STF. Embora o Ministro Gilmar Mendes tenha mantido a decisão do Tribunal de Justiça do RN, reconheceu que não haveria, no caso, disposição legal que concedesse a garantia aos servidores militares de uma carga horária condizente com sua realidade.
“Inicialmente não obtivemos o efeito pretendido. Contudo, ao reconhecer a lacuna legislativa concernente ao direito social de uma jornada de trabalho condigna à nossa realidade laboral, o Ministro Gilmar Mendes acabou assinalando o caminho a ser perscrutado por nossa categoria. Desta forma, nossos companheiros liderados pelo Deputado Cabo Sabino formularam a PEC 44/2015, hoje sob a brilhante Relatoria do Deputado Subtenente Gonzaga. O voto do Relator é pela APROVAÇÃO da PEC, sob a forma de substitutivo que estabelece como jornada máxima de trabalho para policiais e bombeiros militares o limite de 40 horas semanais” explicou o Cabo Lira, presidente da ASSPRA.


Links para acompanhamento:

PEC 44/2015

MANDADO DE INJUNÇÃO N° 2011003184-1 - TJRN

RECURSO EXTRAORDINÁRIO N° 725.180 – STF



Fonte: Assessoria de Comunicação ASSPRA

PARABÉNS AOS 15 ANOS DA TURMA 2001!

A Associação de Praças da Polícia Militar da Região Agreste do Rio Grande do Norte (ASSPRA PM RN) parabeniza os praças policiais militares da Turma 2001 pelos 15 anos de serviço na Corporação potiguar.


Na luta árdua do cotidiano e em busca de maiores direitos, esses profissionais têm conseguido conquistas importantes nos últimos anos, como ascensões e atualização de níveis.

Juntamente com os antigos, com a maioria dos Soldados 2000 e os novatos, levaram à frente a modernização de mentalidades na PM, quebrando tabus e paradigmas no que se refere à falta de autonomia.

Nós, policiais, acreditamos hoje que nosso dever é para com o interesse comum e para com os rumos legais escolhidos pela sociedade norte-rio-grandense, sem ingerências politiqueiras de quem quer que seja.

Por isso, a ASSPRA reforça as suas felicitações para esses militares que, apesar das grandes dificuldades, empenham-se em levar ao povo potiguar um Estado mais justo, seguro e digno.

Assessoria de imprensa ASSPRA PM RN

ASSPRA ADVERTE PARA PERIGO DE CAÇAR POKÉMON EM SITUAÇÕES DE RISCO

A Associação de Praças da Polícia Militar da Região Agreste do Rio Grande do Norte (ASSPRA PM RN) alerta os usuários do jogo “Pokémon Go” sobre os perigos de caçar os monstrinhos virtuais em locais de risco.

Jogadores do aplicativo têm ido à busca dos Pokémons em locais ermos, muitas vezes em horários inadequados e, assim, tornam-se potenciais vitimas de acidentes ou até mesmo da ação de criminosos.

Pais, mães e responsáveis devem estar especialmente atentos a menores de idade que já portam aparelhos de celular ou tablet, cuja tecnologia permite o acesso à internet e o uso de softwares dessa natureza.

Os usuários devem ter a precaução redobrada quanto a isso e escolher caçar seus Pokémons apenas em horários e locais seguros.

A ASSPRA recomenda que, quando estiverem em situação de perigo grave, as pessoas procurem a autoridade responsável, para evitar maiores danos ou perdas desnecessárias.

Assessoria de imprensa ASSPRA PM RN

ASSPRA promove festividades em Nova Cruz para o Dia do Soldado; Veja a programação que inclui Corrida Rústica

No sábado (27), ocorre o 3º Torneio de Futebol Society da ASSPRA PMRN, na Arena Society, em Nova Cruz, a partir das 8h
O dia 25 de agosto é, no calendário nacional, o Dia do Soldado. Em alusão ao período, a Associação dos Praças da Região Agreste do Rio Grande do Norte (ASSPRA PMRN) promoverá suas festividades, que incluem três dias – além do próprio dia 25, haverá eventos em 27 e 28 deste mês.

No primeiro dia, haverá um culto ecumênico, em ação de graças, na quadra do 8º Batalhão da Polícia Militar. Promovida pela União dos Militares Evangélicos da Região Agreste do RN (UMCERN), a celebração religiosa começa às 7h30 e será seguida por um café da manhã.

No sábado (27), ocorre o 3º Torneio de Futebol Society da ASSPRA PMRN, na Arena Society, em Nova Cruz, a partir das 8h. A competição, que envolve times compostos por PMs de toda a região, vai homenagear o soldado PM Júnior Silva ( _in memoriam_ ).

Por fim, no domingo (28), realizar-se-á a 1ª Corrida Rústica da ASSPRA, no Ginásio Municipal de Nova Cruz, com início às 8h e em homenagem ao soldado PM Cantalice ( _in memoriam_ ). As inscrições podem ser feitas gratuitamente no local do evento, na sede da associação ou pelo e-mail assprampmrn@gmail.com. Haverá café da manhã para os corredores e premiação. O páreo terá 5 quilômetros, percorridos nas ruas de Nova Cruz.

“Tentamos, por meio deste evento, ressaltar a importância desse agente de segurança, o soldado. No dia do soldado, esta figura envolve todos os combatentes, desde o soldado recruta até o maior posto. No fim das contas, todos nós somos combatentes, somos soldados. É importante que a sociedade, em especial neste momento de crise, recorde a importância desses heróis para a manutenção do Estado Democrático de Direito, da sua governabilidade e da sociedade como um todo”_, reforçou o presidente da ASSPRA PMRN, o cabo Guinaldo Lira.

tg

Veja a programação completa:



Assessoria de imprensa ASSPRA PMRN

ASSPRA Promove: Festividades Alusivas ao dia do SOLDADO!

A Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste (ASSPRA), promoverá nos próximos dias 25,27 e 28 de Agosto de 2016 festividades em comemoração ao dia do Soldado! Participarão das festividades diversos militares da região, além de convidados e a população civil em geral.

O evento terá sua abertura no dia 25 de Agosto 2016 na quadra de esportes do 8º batalhão da PM de Nova Cruz, a partir das 07h30min, com um culto em ação de graças promovido pela UMCERN (União dos Militares Cristãos do Rio Grande do Norte) e um café da manhã.

Em seguida, no dia 27, o 3º Torneio de Futebol Society da ASSPRA será realizado a partir das 08:00h na arena society de Nova Cruz. Finalizando as festividades, no dia 28, daremos inicio a 1ª Corrida Rústica da ASSPRA! A largada será no Ginásio Municipal de Nova Cruz às 07h30m, haverá premiação para os corredores civis e militares. O percurso será de 5km pelas ruas de Nova Cruz.

Convidamos a todos para participarem das comemorações! Comemoramos para não esquecermos da história; de quem  contribuiu para o país, e também para manter  o sentimento de amor a pátria dos militares, da responsabilidade de ser um soldado.

Click no banner para maiores informações:


Assessoria de comunicação da ASSPRA PM RN



NOTA DE AGRADECIMENTO!

O cabo Lira, presidente da Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste do Rio Grande do Norte (ASSPRA PMRN) vem, por meio desta nota, agradecer à dedicação das forças de segurança pública e, em especial, aos policiais militares da região Agreste.
Nas últimas semanas, o empenho desses profissionais no combate a onda de criminalidade instalada em território potiguar tem sido irrepreensível, razão pela qual se faz necessário reconhecer tal esforço.

Há várias adversidades enfrentadas por esses trabalhadores, relacionadas a direitos ainda pendentes, como promoções atrasadas ou ainda não pagas, níveis também atrasados e recebimento de subsídios fora da graduação atual. Alguns estavam de folga, de férias e até mesmo de licença. Mesmo assim, diante desse momento de crise, foram ou voltaram ao serviço, com todo o compromisso e toda a dedicação necessários para a luta desempenhada no sentido de superar esse momento, como é público e notório. A aplicação da PM, como um todo, tem sido exemplar.

Desta forma, o cabo Lira, como presidente da ASSPRA e até como cidadão norte-rio-grandense, parabeniza e agradece às forças de segurança pública por sua atuação nesse quadro atual de desafios.

Obrigado a todos os companheiros PMs do Rio Grande do Norte.

Assessoria de comunicação da ASSPRA PM RN

ASSPRA: MAIS QUE UMA ASSOCIAÇÃO. UM CONCEITO


A Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste – ASSPRA é uma entidade de iniciativa privada, sem fins lucrativos que, em resumo, está voltada para à defesa dos direitos dos policiais militares da região, bem como da interação entre polícia e sociedade, através do exercício da cidadania.

Nossa região é carente de instituições civis organizadas e a ASSPRA pode ser vista como uma delas, que ainda em fase embrionária, tem muito a se desenvolver e crescer. Esse enquadramento de “fase embrionária” não se refere às suas lutas, pois neste campo coleciona importantes vitórias que marcam a história da PMRN. Reporta-se, mais precisamente, ao grande potencial que ainda pode ser explorado pela entidade.

Para LIRA, presidente da entidade, a ASSPRA deve ser visualizada ao menos sob três faces:
  • INSTITUCIONAL – a principal, mas não única. Voltada diretamente à assistência ao sócio, buscando disseminar o conhecimento sobre direitos, deveres, leis e regulamentos que o afetem. Está incluída nesta face a Assistência Jurídica, os benefícios e os convênios ofertados aos associados. Afinal, o sócio é o centro de tudo na ASSPRA.
  • COMERCIAL – sim, a ASSPRA tem valor comercial. Trabalhar a ASSPRA como UMA MARCA, é medida primordial para sua consolidação, fortalecimento e crescimento. Isso agrega valor, gera visibilidade, possibilita o estabelecimento de parcerias e convênios. A ASSPRA tem um grande potencial comercial a ser explorado.
  • SOCIAL – não somos uma ilha. Nossos sócios fazem parte de uma sociedade e nossa entidade também faz parte desta. Desenvolver o lado social da ASSPRA faz parte de seu objetivo geral. À medida que cresce a interação ASSPRA/sociedade todos ganhamos. Temos muito mais a contribuir com a sociedade do que temos feito até o momento. Diversos sócios têm manifestado interesse neste ponto, porque não lhes oportunizar meios. Precisamos inovar e trabalhá-la como UM CONCEITO.

De fato, é uma quebra de paradigmas buscar implantar certos conceitos de Administração moderna em uma associação de praças militares. Mas, tais conceitos embora pareçam novos, já são amplamente utilizados por empresas em todo o mundo. Como exemplo, pode-se citar a Fundação Bradesco, que resguardada as devidas proporções, utiliza-se de fundos oriundos do Banco Bradesco na busca por proporcionar melhorias sociais à comunidades específicas.

LIRA defende a utilização de modelos autossustentáveis que poderiam ser utilizados pela ASSPRA, modelos inclusive, que poderiam gerar renda para a entidade. “Ideias existem e muitas. O que vinha faltando eram voluntários para pô-las em prática. Contudo, recentemente, alguns sócios após começarem a compreender esses conceitos aqui defendidos estão se prontificando a nos ajudar. Ainda são poucos, mas já é um bom início. Ao fim, só nos fortalecemos enquanto Associação” encerrou o diretor da entidade.


Fonte:
Assessoria de Comunicação ASSPRA

Ataques a bancos, falta de bombeiros, má gestão: entenda por que a lei de organização básica é importante

Nas últimas semanas, as manchetes dos jornais têm destacado o aumento dos índices de violência no Rio Grande do Norte. Não seria para menos. A despeito do esforço realizado pelas instituições militares, a precarização dos órgãos de seguranças, somados à má gestão e legislação ultrapassada contribuem para esse quadro. 

Por isso, é fundamental para o Estado aprovar as Leis de Organização Básica (LOBs) dos Militares, que podem melhorar a organização e o funcionamento dos  da área.

NOTA DA ASSPRA À SOCIEDADE NOVACRUZENSE



A Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste do RN - ASSPRA vem a público manifestar seu apoio ao honrosos Policiais Militares da região e externar, em especial,  à sociedade novacruzense que:
O 8º Batalhão de Polícia Militar e toda a sua região são compostos por policiais extremamente devotados a sua missão. São profissionais íntegros,  honestos e compromissados com a sociedade. Além disso, grande parte do efetivo reside na área. 

ASSPRA ACADEMIA: Lição 5 - DOS TIPOS DE PRISÕES NO BRASIL

Continuando o Projeto ASSPRA Academia, iniciaremos um estudo dirigido ao conhecimento dos tipos de Prisão existentes no Brasil.

A prisão, em regra, é associada à punição por um crime. Porém, nem sempre ela é imposta como sanção penal, existindo no Brasil quatro modalidades distintas de prisão: _a *penal*, a *administrativa*, a *disciplinar (militar)* e a *civil*_. As reclusões _não-penais_ são também conhecidas como _extrapenais_.

A primeira forma mencionada, *PRISÃO  PENAL*, possui duas principais espécies:

*a) prisão penal definitiva* - trata-se da _prisão-pena_, decorrente de sentença condenatória transitada em julgado;

*b) prisão processual* - a _prisão sem pena_ ou _cautelar_,  que abrange as prisões em _*flagrante, temporária e preventiva*_.

*ATENÇÃO:* prisões processuais decorrentes da sentença de _pronúncia_ (art. 408, § 1º do CPP, revogado pela Lei nº 11.689/2008) ou da _sentença condenatória recorrível_ (art. 594 do CPP, revogado pela Lei nº 11.719/2008) não são mais admitidas. Mesmo com a possibilidade da prisão processual, o art. 5º, LVII, da Constituição Federal, salienta que ninguém pode ser considerado culpado antes do trânsito em julgado da sentença penal condenatória.

A *PRISÃO ADMINISTRATIVA* tem sua constitucionalidade questionada a partir da Constituição de 1988, em virtude da garantia assegurada pelo seu art. 5º, LXI:

_"ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de transgressão militar ou crime propriamente militar, definidos em lei."_

Há quem defenda que são inconstitucionais, e quem sustente que as hipóteses legais de prisão administrativa ainda podem ser efetivadas, mas dependem de ordem judicial.

A *PRISÃO DISCIPLINAR*, existente no direito militar, é autorizada pelo citado art. 5º, LXI, da CF, em duas hipóteses:

*a) transgressão militar* -previstas nos regulamentos disciplinares; e

*b) crime propriamente militar* - por exemplo, o art. 18 do Código de Processo Penal Militar permite a detenção do indiciado, por determinação do encarregado do inquérito policial.

Por fim, a *PRISÃO CIVIL*,  como todas as formas de prisão extrapenal, constitui uma medida excepcional e é utilizada como um meio de coerção para o devedor cumprir a obrigação.

A despeito do debate, ressalta-se que essa modalidade de prisão está prevista no art. 319 do Código de Processo Penal (para o _depositário infiel de valor pertencente à Fazenda Pública_, cuja prisão também é prevista no art. 4º, § 2º, da Lei nº 8.866/1994, e para o _estrangeiro desertor de navio de guerra ou mercante_) e na Lei nº 6.815/1980 (Estatuto do Estrangeiro), que permite, em seus arts. 61, 69 e 81, a reclusão (por ordem do ministro da Justiça) de estrangeiro sujeito a procedimento de _deportação, expulsão ou extradição_.

As hipóteses de *_prisão civil_* também são limitadas constitucionalmente. A Constituição de 1988 lista como uma _garantia fundamental_ a de que não poderá ser instituída no País a prisão civil por dívida, com exceção de duas situações: a do *depositário infiel*e a do responsável pelo inadimplemento voluntário e inescusável de *obrigação alimentícia* (art. 5º, LXVII).


Bons estudos!


Atenciosamente,

CB Lira Júnior,  PMRN_
Presidente da ASSPRA/RN
*Projeto ASSPRA ACADEMIA*


Fonte:
Revista Visão Jurídica

BLOG DA ASSPRA CHEGA A MARCA DE UM MILHÃO DE ACESSOS!

O blog da Associação de Praças da Polícia Militar da Região Agreste do Rio Grande do Norte (ASSPRA PM/RN) chegou a um milhão de acessos. A marca mostra a importância da consolidação do veículo virtual como uma importante ferramenta de diálogo entre a categoria.

Na página, os praças podem se atualizar sobre os acontecimentos mais importantes no que diz respeito à sua profissão; ali estão ainda indicações dos serviços que a associação lhes põe à disposição.

“É importante manter a categoria policial, e a sociedade de modo geral, informada. Ressalte-se também que essa é uma ferramenta utilizada para que os nossos sócios possam ter acesso aos convênios, aos benefícios, ao demonstrativo financeiro, dentre outros serviços”, ressalta o cabo Guinaldo Lira, presente da ASSPRA PM/RN.

O dirigente reforça ainda que, no intuito de dar relevância à comunicação entre os associados, a entidade criou este ano uma assessoria de imprensa. Com ela, a organizações de informações e o acesso aos veículos de mídia potiguares foram facilitados, o que garante repercussão à luta levada à frente pela categoria.

Fonte:
Assessoria de comunicação ASSPRA

NOTA: ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS MILITARES DO RN


As Entidades representativas de Praças do Rio Grande do Norte considerando que a segurança pública é responsabilidade de todos e que cada vez mais se discute o papel dos municípios na segurança pública, em todas as casas legislativas brasileiras, sobretudo no congresso nacional, em que o debate sobre o Sistema Único de Segurança volta a ser prioridade, política que pretende descentralizar as competências atribuídas hoje quase que exclusivamente  aos  Governos  Estaduais,  vem  a  público  manifestar  solidariedade  ao representante da categoria policial e bombeiro militar, vereador pelo município de Mossoró, o não por acaso SOLDADO Jadson, que por 12 anos exerceu a nobre missão policial militar. 
Oportuno salientar que com a evolução da sociedade e demandas cada vez mais complexas, os problemas de segurança aumentam na mesma proporção, ao passo que as soluções  nesta  área  passam  longe  de  soluções  fáceis.  

Bombeiros e PMs protestam na Governadoria!

Cerca de 200 bombeiros e policiais militares realizaram, na tarde de ontem (7), um ato público em frente à Governadoria. A ação buscava cobrar do governo respostas às demandas já acordadas entre próprio governo e a categoria, mas que não vem sendo implantadas.

No início da noite, os representantes das associações se reuniram com a secretária-chefe do Gabinete Civil do Estado, Tatiana Mendes Cunha. Durante a reunião, foi exposto a insatisfação da categoria, cuja as principais reivindicações estavam relacionadas à questões financeiras e de legislação desatualizada.